Queridinho das celebridades, Dr. Guilherme Bispo aponta a harmonização facial como maior tendência na estética

O Dr. Guilherme Bispo é uma referência nacional em harmonização facial e revela todos os segredos sobre este procedimento estético que está em alta entre os famosos.

Queridinha das celebridades, e agora, cada vez mais acessível para aqueles que não são famosos, a harmonização facial, vista como a promessa de um rosto mais bonito e rejuvenescido, com contornos e proporções ideais, segue crescendo como procedimento estético facial mais procurado nas clínicas de estética e consultórios por todo o Brasil.

Apesar de promissora e amplamente divulgada devido à adesão de famosos, o Dr. Guilherme Bispo, referência nacional no procedimento, esclarece no que consiste a técnica. “O rosto é formado por ossos, músculos e gordura. Com o tempo o músculo enfraquece, a pele torna-se flácida e alguns compartimentos de gordura diminuem, havendo então reabsorção óssea de alguns pontos de sustentação. A harmonização facial tem como objetivo tratar as insatisfações estéticas da face, seja pelo envelhecimento ou formato anatômico. É recomendada para pacientes, homens e mulheres, de diferentes faixas etárias, que buscam estar de bem com o espelho e com a autoimagem.”

Duração

No entanto, o especialista ainda salienta que os efeitos da harmonização facial nao são permanentes. “Os ótimos resultados obtidos com o procedimento precisam ser retocados de tempos em tempos, a depender do metabolismo e outras características  do organismo de cada paciente. A harmonização facial nao é como a cirurgia plástica e por isso é necessário realizar visitas regulares para realizar a manutenção.”

O que você precisa saber antes de realizar o procedimento

Mesmo com a promessa de trazer o resto perfeito, é preciso ter cuidado. De acordo com a Dr. Guilherme Bispo, o uso em excesso de preenchedores ou a escolha de um profissional não qualificado pode causar danos permanentes ao rosto do paciente. “Os resultados obtidos com a harmonização facial são fantásticos, quando realizados com profissionais qualificados e materiais de alta qualidade. No entanto, se feito de forma errada e com o profissional errado, pode levar, inclusive, à necrose tecidual, quando os preenchedores obstruírem o fluxo sanguíneo local gerando a necrose. Para evitar que qualquer problema ocorra, é importante que o paciente pesquise muito, converse com outros pacientes que já realizaram o procedimento com o profissional que pretende escolher”, adverte.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp