O poder de uma fragrância: consultoria perfumada

As fragrâncias, são formas que utilizamos para sermos percebidos e notados por meio de sensações que causam.

Se o olfato é um dos sentidos mais aguçados e basais, o cheiro que exalamos pode ser uma das marcas mais reveladoras da nossa identidade.

Além do perfume conter referências emocionais há os referenciais históricos. Uma vez que quando falamos de gosto nossa abordagem e avaliação parte de premissas culturais.

A Moda e o Perfume se entrelaçam a partir de século XIX; assim como a roupa, o perfume também “comunica” e faz parte do nosso ritual do vestir-se.

Junto ao vestuário, os envoltórios, os perfumes e seus sistemas discursivos passaram a delinear padrões de comportamento, perfis e estilo de vida.

Assim, elegemos uma fragrância de acordo com o modo que desejamos ser representados ou lembrados.

Não é por menos que o costureiro Paul Poiret, lançou o primeiro perfume relacionado a uma fragrância feminina condicionado ao universo de suas peças de alta costura feminina.

Mas a consolidação e estratégia da ligação histórica da-se com Gabrielle Coco Chanel, na ao desenvolver uma fragrância, Chanel n.05 que com o passar das décadas a consolidou no segmento de luxo.

Um perfume, torna-se a possibilidade de ingressar em um universo aspiracional do qual o valor de uma peça de roupa impossibilitaria sua participação, por questão de investimento. E as fragrâncias, por não carregarem o evidente status que as roupas emitem com seus simbolismos visuais e sazonalidade emitem em : cor, corte , estampa e volumetria; resultam em uma relação de compra mais duradoura e intimista.

Quão deliciosas são as tuas carícias, minha irmã, minha noiva amada! Teus amores são mais agradáveis que o melhor e mais puro dos vinhos. A fragrância do teu perfume supera a mais cara especiaria! Cânticos 4:10

Escolher o seu aroma ideal requer ciência junto com um toque de preferência pessoal, ao começar pela biologia humana: Cada um de nós produz uma química corporal que é única.

Este ponto é muito importante porque é desta combinação entre a química que nosso corpo produz e o perfume que nós escolhemos que irá determinar definitivamente se o eleito aroma terá uma “construção sensorial” como esperamos.

Em resumo, o perfume que pode te agradar muito bem, pode não ter a mesma condição em outra pessoa.

Outro fato importante a salientar é que o perfume possui três movimentos – as notas de cabeça, de coração e as notas de base. A nota de base de um perfume possuem as notas mais densas, assim como as notas de cabeça são as notas mais voláteis! Mas a personalidade está no coração.

Portanto se você estiver com o espírito para testar um novo aroma e uma nova mudança, eu recomendo procurar a sua fragrância favorita elegendo por sua família olfativa atual e , permitir-se enveredar por outra da qual não conhecia.

Para mais informações: https://www.instagram.com/andreiamiron/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *