Moda Modesta: Carima Orra comenta sobre a peculiar maneira de se vestir

Vestir-se de maneira mais reservada não é algo mais tão restrito e apontado como característica específica de determinados grupos religiosos. Ao contrário, a moda modesta tem ganhado cada vez mais espaço nos principais catálogos que ditam tendências mundiais. A forma de se vestir não só permite combinações elegantes, como enfatiza a ideia de que as mulheres devem ser vistas principalmente pelo seu conteúdo, e não apenas por meio daquilo que se pode ver externamente.

Influencer destaque, Carima Orra é um exemplo vivo de que é possível vestir-se de maneira elegante e manter a feminilidade ao seguir aquilo que a moda modesta propõe: “embora a maneira de se vestir não tenha nada a ver com o caráter da pessoa em si, buscamos roupas que não atenuem o contorno do corpo. Isso não significa que não utilizamos vestimentas com cortes mais femininos e que valorizem o look, claro” explica a influencer.

Nas redes sociais, é notável o envolvimento de cada vez mais mulheres interessadas na moda modesta. No Instagram (@carimaorra), a influenciadora compartilha dicas das melhores composições e encoraja seguidoras que desejam seguir seu exemplo: “apesar da moda modesta mostrar-se em um processo de ascensão, nem sempre é fácil encontrar uma variedade de looks, então sempre que minhas seguidoras perguntam sobre alguma peça tento ajudar”, comenta Carima Orra.

O fato se ser muçulmana, de acordo com Carima Orra, não é considerado um empecilho para aquelas que estão iniciando no mundo da moda modesta e procuram por suas dicas no seu Instagram: “não existem roupas específicas para um grupo ou outro, pois a moda é universal. O que temos é mulheres dispostas a mudar e decididas a não serem mais rotuladas de acordo com aquilo que vestem” finaliza.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp