Fashion Stylist Jana Lee mostra 5 peças atemporais que você precisa ter no guarda-roupa

Fashion Stylist

Coringas, essas peças costumam ser certeiras na hora de montar combinações, independentemente da estação ou ocasião 

A cada dia a indústria da moda lança uma nova tendência, a mídia especializada projeta como usá-la e celebridades as usam nas redes sociais a todo momento —, mas é porque você não consome essa peça, que isso significa que você não está antenada e fashion. Com o crescente movimento de moda sustentável, essa volatilidade da moda, chamada de fast fashion, tem sido questionada.  

A fashion stylist Jana Lee afirma que as tendências precisam ser refletidas pelo consumidor, antes de serem aderidas. “Isso condiz com meu estilo? Onde consigo usar? É algo que eu usaria daqui alguns anos? Combina com o que tenho no guarda-roupa? Se a cor da moda é verde e verde não lhe cai bem, qual o sentido em usar?” questiona Jana Lee.  

Consumir peças atemporais traz vantagens, dentre elas gastar menos dinheiro. “Uma das vantagens de não seguir tendências é a economia, visto que as tendências são uma estratégia para manter o fluxo de vendas das roupas. Por isso, muitas dessas tendências costumam cair de moda em um ou dois anos, além do material nem sempre ser o melhor. Ao investir em peças atemporais e de qualidade você ganha um guarda-roupa mais inteligente, bem como acaba evitando gastos desnecessário”, analisa a fashion stylist.  

Outro fator é que ao comprar todas as tendências a fim de se tornar mais fashionista, a pessoa acaba sabendo pouco sobre os próprios gostos e perde uma característica importante da moda: o de trazer personalidade. “Nem sempre você compra o que gosta e ao procurar o que vestir a sensação é que nunca há nada que te agrade”, alerta.  

As roupas atemporais também costumam combinar entre si, já que seguem a cartela de cores e gostos da pessoa, multiplicando as opções de looks. “As peças assumem uma característica mais versátil, o que faz com que a pessoa consiga compor visuais autênticos e fashionistas com mais facilidade e naturalidade”, aponta.  

Confira a seleção de peças atemporais separadas por Jana Lee para um armário mais inteligente: 

Calça de alfaiataria 

Fashion Stylist
Natasha Ndlovu/ Instagram)

Elegante e moderna, a depender da composição, a calça de alfaiataria combina com qualquer estilo e ocasião. “Por ser um modelo clássico e sem muitos detalhes, a peça não fica datada e pode ser combinada com blusas mais básicas ou mais trabalhadas. Nos pés, há como colocar saltos de tênis. Já a cor da calça pode seguir a cartela preferencial de quem veste, o que vai adicionar personalidade à peça”, garante Jana Lee.  

T-shirt 

Fashion Stylist
Aimee Song/ Instagram

Lisa ou estampada, a t-shirt é uma peça essencial que consegue arrematar diversos tipos de looks. Para visuais mais arrumados, ela pode ser combinada com um blazer e uma calça de alfaiataria, para propostas mais urbanas, as calças e shorts jeans costumam ser uma opção certeira, que pode ser combinada com rasteirinhas e tênis, afirma Jana.   

Calça pantalona ou pantacourt 

Fashion Stylist
Instagram/ Jana Lee

Curingas na hora de compor uma proposta mais sofisticada, essas calças tem um caimento reto que as tornam democráticas, além da ausência de detalhes a deixarem mais imunes a passagem dos anos. “ A diferença entre esses dois modelos está apenas no comprimento. Enquanto a pantalona vai até o tornozelo e costuma ser a opção das mais baixas por trazer um efeito de alongamento, a pantacourt vai até o meio da panturrilha e traz uma pegada mais jovial e moderna”, explica a personal stylist.  

Jaqueta jeans 

Fashion Stylist
Instagram/ Jana Lee

Devido ao material, as jaquetas jeans se adaptam a todas as estações, podendo ser usada em looks all jeans ou, no tradicional, como terceira peça. “ Ela tem uma pegada mais urbana, além de ser uma peça minimalista que impede que ela deixe o look pesado. A lavagem escolhida vai da preferência de quem a veste, porém as mais claras costumam proporcionar uma variedade de combinações maiores”, garante a fashion stylist.  

Camisa 

Fashion Stylist
Reprodução/ Hailey Bieber

Podendo cumprir desde um dress code de escritório, até visuais mais leves, a camiseta atende do básico ao sofisticado. “Geralmente as pessoas colocam a branca como coringa, mas acredito que a cor aqui deva ser a que a pessoa mais gosta, podendo ser preto ou mesmo tons mais vibrantes como verde e vermelho. O corte também não precisa ser o tradicional, há algumas opções mais trabalhadas com botões mais chamativos ou mesmo com cortes mais modernos, sem gola”, diz Jana.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp