Entre as muitas expertises de Graziela Barduco, a escrita vêm se destacando através de seus livros

Sua formação é vasta, com diversos diplomas na bagagem e uma clara inclinação para o campo das artes. Ela, que tem mestrado em Artes da Cena e pós-graduações em Artes Cênicas, e em Interpretação para Musical, tem demonstrado há algum tempo seu grande interesse para com as produções culturais.

Por isso, em 2014 Graziela Barduco fundou, juntamente com alguns amigos da área do teatro, a Cia Cordiais, voltada para o público infantil, que conta com 4 espetáculos em seu repertório. O mais recente é “A Menina e o Pé”, fruto de sua pesquisa de mestrado, com o qual vem circulando nos últimos meses e que rendeu à Companhia prêmios em diversas categorias no 2º Festita – Festival de Teatro de Itapevi, como as de Melhor Atriz, Melhor Ator Coadjuvante, Melhor Cenário e 2º Melhor Espetáculo, sem contar as diversas indicações em outras categorias.

Entretanto, o aspecto que mais vem se destacando em sua carreira ultimamente é a escrita, que surgiu em sua vida como uma válvula de escape para vários problemas que ela acabou por enfrentar, incluindo a depressão e a síndrome do pânico. Esse caminho levou Graziela a publicar dois livros, ambos de poesia.

O primeiro, chamado “Na Rima da Menina” (Editora Versejar), nasceu em meio ao misto de percalços e conquistas em sua finalização do processo de mestrado.

Seu mais recente, “Lutei Contra 100 Leões – Todos os 100 Eram Jumentos” (Editora Feminas), nasceu a partir de seu poema, homônimo ao título do livro, como forma de resposta a alguns comentários negativos e machistas, sobre seu trabalho, que tentavam desencorajá-la a continuar em seu caminho da literatura.

Este livro é uma homenagem aos poetas da cultura popular brasileira, tema este que inclusive é parte de sua pesquisa de vida e trabalho. Recriando e ressignificando as formas e estruturas da poesia popular brasileira, a artista impõe sua voz e sua produção, persistindo, resistindo e honrando o legado deixado por grandes poetas brasileiros que a influenciaram em sua trajetória.

Saiba mais: http://grazielabarduco.com.br/
https://www.instagram.com/graziela_barduco/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *