Ana Luisa Bernardi relata como quase foi vítima da pressão estética

Ana Luisa Bernardi

Ana Luisa Bernardi, 27 anos, modelo, nascida e criada em Jundiaí — SP, formada em administração com comércio exterior pelo Mackenzie, sua vida acadêmica começou aos 19 anos, com 21 anos Ana Luisa se mudou para São Paulo Capital, morou 2 anos lá, durante esse tempo por lá, já trabalhou em um banco como estagiária e em empresas relacionadas a área de formação. Mas o sonho de ser modelo ainda estava vivo, com isso Ana Luísa decidiu terminar os estudos e se dedicar ao mundo da moda.

O primeiro contato de Ana Luísa com o mundo da moda foi aos 12 anos na cidade de Florianópolis — SC, um booker da agência Ford Models abordou ela e sua família para oferecer um teste e irem até à agência, Ana e sua familia foram, mas as coisas não fluíram naquele momento, então a jovem seguiu com seu sonho em mente. Quando completou 15 anos resolveu voltar e participar do concurso Elite Models Look e um concurso da Ford Models, o concurso da Elite Models Look Ana Luísa ficou entre as 19 finalistas do Brasil, teve até uma oportunidade muito bacana na época de fazer um desfile ao lado de Rodrigo Wilbert. “Desde pequena o sonho de ser modelo vive em mim, tentei diversas vezes de fato conseguir, mas o fato de eu ter um quadril muito grande perto dos parâmetros estéticos exigidos na época me fez não conseguir seguir a carreira de modelo no Brasil. Fiz diversas coisas, como: dietas extremas, massagens, academia com personal trainer, cogitei até pensar em fazer uma lipoaspiração na época, fiz tudo que se pode imaginar para conseguir reduzir meu quadril, pois o maior “problema” era o tamanho dele, mas não consegui, então resolvi seguir em frente e continuar com meus estudos, anos e passaram, acabei o colégio e minha formação acadêmica, decidi seguir minha vontade e tentar ser modelo novamente”. Contou

Entre meus 23 e 24 anos, Ana Luísa viu uma conterrânea viajando para a Índia a trabalho, desde então ela decidiu que também queria trabalhar viajando e que iria correr atrás do seu sonho novamente, mas fiquei com medo de seguir destino rumo à Índia e resolvi seguir rumo ao México, cidade a qual a modelo vive até hoje. “Quando cheguei no exterior aprendi de fato que uma modelo deve procurar uma agência mãe, essa agência é responsável por procurar trabalhos fora do país, o que mais me motivou foi saber que existiam países que poderiam aceitar minhas medidas.” Desabafou

Muitas pessoas questionam sobre a adaptação de Ana Luísa em outro país devido ao idioma ser totalmente diferente do seu idioma Natal, mas a jovem é trilíngue, tem o português nativo, inglês devido seus cursos de capacitação e em 2015 passou 5 meses em Boston praticando já o espanhol aprendeu na prática, nunca havia feito nenhum curso anteriormente, aprendeu falando e vivenciando o cotidiano Mexicano, seu namorado é nativo do México, então ela pratica a conversação sempre.

Há 3 anos, Ana Luísa vive dos trabalhos como modelo, mas no início não foi nada fácil, foi extremamente desafiador, em um bate-papo online ela nos contou: “Aqui no México tem muitos meios de trabalhos alternativos, te pagam para fazer presença vip em baladas, bares, restaurantes, com isso você deixa um pouco de lado a profissão modelo, porque é um dinheiro mais fácil e um trabalho mais fácil também de se conseguir, optei por esses trabalhos alternativos devido a dificuldades que enfrentei e enfreto por conta da minha altura, o mexicano é mais baixo, o foco aqui é comercial, entao a maioria das pessoas nao passam de 1,70 de altura, e eu tenho 1,83, eu escutei da agência que eu era alta demais. Atualmente trabalho super bem, mas quando cheguei, pensei que o problema era eu, porque eu não conseguia oportunidades e não conseguia aprovação em nenhum casting, meu primeiro ano foi muito desafiador, cheguei a pensar que eu não era para isso, mas ainda bem que não desisti, pois, era apenas um momento de turbulência.” Desabafou Ana Luísa.

Atualmente Ana Luísa compartilha sua vida em seu Instagram pelo @analuisabernardi, falando sobre seu cotidiano, seus trabalhos e seu lifestyle e ela também pretende se dedicar a TV, será um novo desafio que ela se propôs a executar, em uma conversa descontraída a top model nos contou que: “Tenho me dedicado bastante no meu Instagram, mesmo achando um pouco difícil manter a rotina de stories por lá, além disso, tenho que falar em espanhol, pois meu público maior são os mexicanos. Pretendo me doar para a TV, o mundo das telinhas sempre me chamaram atenção, mas não imaginava que um dia eu iria ter vontade de entrar para o meio, pois, durante toda minha vida me inspirei da Gisele Bundchen, por isso a moda era tudo para mim, mas agora estou disposta a testar e conhecer novos caminhos, quem sabe eu consiga me sair bem e me dedicar ao trabalho de Atriz.

Gosto de me orgulhar dos trabalhos que eu já fiz, no ínicio da minha carreira eu participei de um concurso que eram mais de 22 mil inscritas, eu fiquei entre as 19 finalistas, me orgulho disso até hoje, caso eu entre para o mundo das telinhas, vou entrar com o mesmo foco e a mesma força de vontade que eu tive no mundo da moda, quero me orgulhar igual. Declarou a Top Model.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp