Queridinha entre os famosos, Super Street do Thiago Monteiro desponta durante a pandemia

O empresário paulistano Thiago Souza Paulo Monteiro, natural do Jabaquara, resolveu remar contra a corrente e contra as estatísticas, que apontam também o Brasil como um dos piores países para se empreender no mundo, segundo dados do Banco Mundial, onde o país está na 130ª posição entre 185 países. Hoje, a Super Street, empresa fundada e capitaneada por Thiago Monteiro, é uma gigante do mercado Fashion, no segmento street style, sendo referência nacional e um marco na vida do empresário.

O Inicio

Thiago Monteiro iniciou a empresa em 1999, a principio com o nome Super Surf. No entanto, com a movimentação no mercado e crescimento da relevância da empresa no contexto urban/street style, sentiu necessidade de mudar o nome para Super Street. “Começamos do zero e nada veio com facilidade. Sou nascido e criado na periferia de São Paulo, enfrentei os obstáculos da desigualdade social e da pobreza, mas nunca desisti”, revela.

O empresário conta um pouco sobre sua origem humilde e as dificuldades que precisou superar. “Tenho 39 anos, mas trabalho desde os meus 13 anos de idade. Já fui lavador de carro, office boy, estoquista e vendedor. No entanto, o ponto de viragem na minha vida foi quando trabalhei em uma loja de surf, onde fui para as vendas e depois me tornei gerente.”

Adversidades

Thiago conta que para vencer precisou também lidar com outros problemas causados pela desigualdade social, como a violência, sendo ele mesmo vítima de um assalto que quase destruiu o seu sonho de empreender. “Trabalhei duro na loja de roupas de surf e entre salário e comissões cheguei a juntar 7 mil reais em dinheiro, que na época era muito mais do que hoje e seria o dinheiro para eu iniciar o meu negócio. Mas foi aí a minha primeira rasteira. Eu morava em um quarto e cozinha com varias casas no quintal e num domingo cheguei em casa depois do trabalho e a porta estava arrombada. Roubaram todo o dinheiro.”

No entanto, o empresário procurou uma maneira de recomeçar. “Sem a grana para investir em um espaço e sem segurança para continuar morando ali, eu aluguei um pequeno apartamento num lugar um pouco mais tranquilo e comecei a vender roupa em casa mesmo e de porta em porta. E este foi o meu recomeço.”

Sucesso

Hoje, sua empresa se tornou uma gigante no seu segmento, além de atender também a vários famosos. “A frequência de artistas e celebridades na loja é grande por conta da exclusividade dos produtos. Temos como cliente o Hungria, Mirela, Matheus Mazzafera, Mc Davi, Hariel, além de atletas, jogadores de futebol e empresários.”

Além disso, a sua marca é um sucesso nas redes sociais, com mais de 400 mil seguidores no Instagram e mais de 150 mil visualizações em média dos conteúdos em vídeo postados nas plataformas digitais.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp